11 de novembro de 2016

FLUMINENSE - CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1984

O Flu, sem muita grana pra grandiosos investimentos, depositaria todas as suas fichas num elenco jovem e desconhecido que primeiro contaria com Carbone no comando, mas que mais tarde, durante o Campeonato Brasileiro, passaria a ter no banco a sabedoria de Carlos Alberto Parreira, tricolor de coração. Do Sul veio meio time. A começar pelo lateral-esquerdo Branco, que mais tarde disputaria três Copas do Mundo (86, 90 e 94); os meias Jandir e Leomir; o ponta-esquerda Tato. Mas foi no ataque que chegaram os mais importantes desse pacotão sulista. Os atacantes do Atlético-PR (semifinalista do Brasileirão de 1983) desembarcariam nas Laranjeiras para se apresentar ao povo carioca. Tratava-se nada mais, nada menos do casal 20: Washington e Assis. O mais importante dentre os que subiriam da base seria o zagueiro Ricardo Gomes (hoje técnico do São Paulo). E ele contava com o experiente Duílio (ex-Coritiba e América-RJ) para fazer a dupla defensiva. Para dar um toque a mais de qualidade, mais tarde chegaria o paraguaio Romerito, contratado junto ao Cosmo dos EUA Esse time já começava a causar um burburinho no Rio de Janeiro, pois conquistava o seu segundo título carioca (que no ano seguinte acabou formando o tri 83, 84 e 85) em cima do poderoso Flamengo, até então atual bi-campeão brasileiro (82 e 83), e que havia sido também campeão nacional em 1980 e da Libertadores e Mundial em 1981. Mas nacionalmente, aquele time tricolor ainda teria que provar seu poderio e o fez conquistando brilhantemente o título diante de pouco mais de 128 mil pessoas que lotaram o Maracanã na tarde de Domingo do dia 27 de maio de 1984.

Confira a campanha do Tricolor carioca campeão brasileiro de 1984:
DATA - PLACAR - ADVERSÁRIO - LOCAL
29/01 - 1x1 - Santos (SP) - Morumbi/SP
01/02 - 0x0 - Ferroviário (CE) - Castelão/CE
08/02 - 1x0 - ABC (RN) - Moça Bonita/RJ
11/02 - 1x0 - Confiança (SE) - São Januário/RJ
19/02 - 2x0 - Confiança (SE) - Batistão/SE
22/02 - 2x1 - ABC (RN) - Castelo Branco/RN
26/02 - 0x1 - Santos (SP) - Maracanã/RJ
29/02 - 2x0 - Ferroviário (CE) - São Januário/RJ
11/03 - 1x1 - Bahia (BA) - Fonte Nova/BA
14/03 - 3x0 - Goiás (GO) - Maracanã/RJ
18/03 - 2x0 - São Paulo (SP) - Morumbi/SP
21/03 - 3x1 - Bahia (BA) - Maracanã/RJ
25/03 - 0x0 - São Paulo (SP) - Maracanã/RJ
01/04 - 0x3 - Goiás (GO) - Serra Dourada/GO
07/04 - 1x0 - Santo André (SP) - Maracanã/RJ
11/04 - 0x0 - Operário (MS) - Pedrossian/MS
15/04 - 1x0 - Portuguesa (SP) - Canindé/SP
18/04 - 2x0 - Operário (MS) - São Januário/RJ
21/04 - 4x2 - Portuguesa (SP) - Maracanã/RJ
25/04 - 1x1 - Santo André (SP) - Bruno José Daniel/SP
29/04 - 2x2 - Coritiba (PR) - Couto Pereira/PR
06/05 - 5x0 - Coritiba (PR) - Maracanã/RJ
13/05 - 2x0 - Corinthians (SP) - Morumbi/SP
20/05 - 0x0 - Corinthians (SP) - Maracanã/RJ
24/05 - 1x0 - Vasco (RJ) - Maracanã/RJ
27/05 - 0x0 - Vasco (RJ) - Maracanã/RJ


Nenhum comentário:

Postar um comentário